Como a tecnologia auxilia na redução de quebra de estoque

por | set 9, 2021 | Gestão de Estoque | 0 Comentários

A redução da quebra de estoque é algo que as empresas buscam constantemente. Não apenas porque representa uma perda no investimento feito em mercadoria, mas também da tributação feita sobre esses bens.

A quebra de estoque não causa apenas uma grande perda financeira, ela também interfere na qualidade do seu serviço, uma vez que pode gerar uma compra que não poderá ser entregue para seu cliente.

Portanto, fazer a redução da quebra de estoque é de suma importância, e toda organização deve aplicar seus esforços nesse sentido, inclusive contando com tecnologia e atualização dos métodos de gestão.

Quer saber mais? Continue lendo!

A importância da redução de quebra de estoque

Em 2017 a SBVC, Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo, realizou uma pesquisa para entender os principais geradores de desperdício – causadores de quebra de estoque:

  • Vencimento – 44,63%;
  • Produto danificado por funcionário – 12,39%;
  • Embalagens danificadas – 8,15%;
  • Produto danificado pelo cliente – 7,46%;
  • Armazenamento inadequado – 7,45%.

Repare que quase metade das perdas são motivadas pelo vencimento do produto que, por sua vez, é causado por falta de planejamento na compra para repor mercadoria, na desorganização do estoque ou mal acondicionamento dos produtos.

Para os setores que não possuem mercadorias perecíveis, a quebra de estoque acontece principalmente por danificação e armazenamento inadequado.

Por isso é muito importante reduzir a quebra de estoque, as perdas representadas por ela são muito significativas e impactam toda a organização.

Quais tecnologiaajudam na redução da quebra de estoque?

Quando falamos em tecnologia, logo pensamos em automação, digitalização, redução de tempo e gastos com folha de pagamento, e outros assuntos relacionados, o que está certo.

O objetivo das tecnologias para redução da quebra de estoque está ligado à diminuição das chances de erro humano  : contagem incorreta, falha de memória, mal uso de softwares de gestão, processos desatualizados, etc.

Mas, as soluções modernas são respostas a tudo isso, e a principal tecnologia atualmente é a RFID, o que você sabe sobre ela? Continue lendo e entenda melhor.

RFID na prática para redução da quebra de estoque

  • Registro e leitura de informações

Com o sistema RFID (clique para saber mais) os produtos são adesivados com etiquetas únicas, embutidas de um ‘transmissor’ contendo seu código com diversas informações, como lote, data de validade, conferente e fornecedor, entre outros.

Citação: “…toda mercadoria recebida é contada, identificada e armazenada rapidamente no sistema da sua empresa…”

Essa etiqueta é identificada por uma antena receptora , que pode ser instalada no galpão ou ativada de um coletor de dados  – uma espécie de pistola digital – que irá coletar as informações e armazená-las em seu sistema.

Dessa forma, é possível registrar o conteúdo de uma caixa, um palete, ou um galpão inteiro e assim conferir todas as unidades das mercadorias dentro de cada caixa, sem abrir nenhuma.

  • Automação e Integração

Tudo isso é feito em poucos instantes, de forma automatizada e com pouca ou nenhuma intervenção humana. Garantindo estabilidade, segurança e uniformidade nos processos. Essencial para a redução da quebra de estoque.

Citação: “Isso permite o controle de estoque de acordo com as características do produto, evitando perdas por vencimento, erro humano ou desorganização”

Além disso, o RFID usa um sistema único, com integração a diversos ERP’s com ele não há mais necessidade de vários logins e acessos em programas diferentes.

Assim, toda mercadoria recebida é contada, identificada e armazenada rapidamente no sistema da sua empresa, e fica integrada a todos os módulos do seu ERP: fiscal, vendas, gestão etc.

  • Outras tecnologias: Sistema de gestão WMS

Além do RFID, que dispensa de vez a necessidade de abrir e conferir cada caixa, de cada produto recebido, existem softwares de gestão novos e mais eficientes.

Um deles é o WMS (clique e leia mais), trata-se de um sistema dedicado às operações logísticas, rastreando desde o recebimento até a última movimentação de qualquer mercadoria, produto ou matéria prima.

Citação: “…WMS também conta com integração aos maiores e principais sistemas de ERP disponíveis no mercado…”

Os grandes diferenciais dessa tecnologia são:

  • Escalabilidade: torna possível expandir a complexidade dos métodos de gestão paralelamente à expansão da sua empresa;
  • Automação: você não precisa registrar cada etapa de movimentação dos objetos, eles são rastreados pelo sistema e atualizados nos ERP’s;
  • Personalização: o WMS pode ser desenvolvido de acordo com as necessidades do seu segmento, especificamente da sua empresa.

E, algo indispensável para tecnologias de gestão atuais, o sistema WMS também conta com integração aos maiores e principais sistemas de ERP disponíveis no mercado, garantindo ainda mais eficiência na gestão.

Os benefícios vão muito além da redução da quebra de estoque

Além de todas as vantagens já citadas, a implantação de um sistema automatizado e de alta tecnologia, como o RFID e o WMS, contribui para a performance de outras atividades da empresa, evitando:

  • Contagem excessiva de inventário;
  • Pedidos em duplicidade;
  • Lentidão em rotinas de conferência;
  • Baixa produtividade da equipe;
  • Pagamento desnecessários de impostos.

Pronto para reduzir as quebras de estoque da sua empresa?

Agora você já sabe um pouco mais sobre as soluções tecnológicas para a redução das quebras de estoque, e pode estudar a melhor estratégia de aplicá-las em sua empresa.

E se em qualquer etapa surgir dúvidas, entre em contato (clique aqui) com nossa equipe de especialistas, vamos ajudar você a encontrar a melhor solução tecnológica ou metodológica para redução da quebra de estoque! Quer saber ainda mais sobre o mundo da gestão de estoques e mercadorias? Siga nossas redes sociais! Instagram | Facebook | Linkedin


Leia mais
Gerenciamento proativo da Rede de Frio

Gerenciamento proativo da Rede de Frio

Mais empresas estão procurando fornecedores de software e serviços que possam resolver seus desafios de dados e oferecer suporte a vários aspectos do gerenciamento da rede de frio. Nos últimos anos, os fornecedores de alimentos perecíveis passaram por um mar de...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *