Melhores práticas de Prevenção de Perdas no varejo

por | out 20, 2021 | Prevenção de Perdas | 0 Comentários

A prevenção de perdas no varejo é um conjunto de boas práticas criadas para reduzir roubos, fraudes e erros em um negócio.

O objetivo é eliminar as perdas evitáveis ​​e preservar os lucros, para isso, devemos compreender as causas mais comuns.

Geralmente, as empresas implementam estratégias como a contratação de um gerente de prevenção de perdas ou a instalação de câmeras de segurança, mas não são somente essas as estratégias usadas. 

Neste artigo, explicaremos os tipos de perdas e as melhores práticas de prevenção, como melhorias na segurança, manuseio adequado de dinheiro e adesão da equipe.

Tipos de perdas

É essencial entender os diferentes tipos de perda para começar a desenvolver estratégias para evitá-las. A perda pode ocorrer inadvertidamente ou por meio de ação deliberada.

Roubo e fraude são exemplos de perdas que acontecem devido a ações intencionais de um funcionário ou de outra pessoa. Erros administrativos, embora não intencionais, também levam à perda.

Roubo interno

Roubo interno, ou roubo de funcionário, ocorre quando um funcionário rouba dinheiro ou propriedade de seu empregador.

Esse tipo de perda é surpreendentemente comum. Em comparação com não funcionários, os funcionários têm 15 vezes mais probabilidade de roubar de seu local de trabalho.

Exemplos de roubo interno incluem fraude, desperdício e vandalismo por funcionários.

Roubo externo

Os dois principais tipos de furto externo são furtos em lojas e crime premeditado no varejo.

Furto é quando uma pessoa rouba enquanto atua como cliente e pode ser planejado ou espontâneo.

O crime premeditado, por outro lado, é uma forma planejada de roubo envolvendo dois ou mais participantes. Aliás, esse tipo de prática pode ter a participação de funcionários, direta ou indiretamente.

Além disso, seus colaboradores devem estar cientes de fraude de devolução, que ocorre quando um ladrão rouba um item e o devolve à loja em troca de dinheiro.

Erros administrativos ou operacionais

Compreensivelmente, seus funcionários são humanos e os humanos cometem erros. Além disso, softwares e sistemas desatualizados também podem causar erros.

Os erros de administração podem ser o resultado de treinamento impróprio, excesso de trabalho ou descuido. 

Os exemplos incluem etiquetagem incorreta, precificação errada de mercadorias ou funcionários que não seguem os protocolos de negócios.

Fraude de fornecedores

Embora não seja comum, a fraude do fornecedor é outra fonte de perda da qual as empresas devem estar cientes. 

Existem diferentes tipos de fraude de fornecedor. Alguém pode se passar por um fornecedor legítimo que não existe de fato, obter o pagamento e depois desaparecer.

Um funcionário de um fornecedor autorizado pode inflar o custo de mercadorias ou serviços e embolsar a diferença.

Além disso, os fornecedores podem não fornecer a quantidade acordada de mercadorias que a empresa pagou ou age de forma antiética ao trabalhar com uma empresa, como por exemplo, usam subornos ou extorsão para obter uma vantagem injusta dos clientes.

Práticas recomendadas para a prevenção de perdas

É impossível evitar totalmente as perdas, no entanto, definir estratégias para reduzir perdas pode fazer uma grande diferença no quanto isso afeta seus resultados financeiros.

Apresentamos as boas práticas que previnem as perdas em seu comércio:

Manuseio de dinheiro e contabilidade

Mesmo com os cartões de crédito e aplicativos de pagamento crescendo em popularidade, muitos clientes preferem dinheiro. Infelizmente para o setor de varejo, lidar com dinheiro físico leva a oportunidades de roubo e erros.

A automatização dos processos de manuseio de dinheiro reduz a probabilidade de erros. Por exemplo, uma máquina de contagem de moedas ou notas, conta o dinheiro e é mais rápida e precisa do que uma pessoa.

Se você decidir investir em equipamentos de manuseio de dinheiro, certifique-se de que seus funcionários saibam como usá-lo. Para evitar roubo, você deve manter o dinheiro fisicamente seguro o tempo todo.

Do lado da contabilidade, um contador externo pode fornecer uma análise imparcial dos registros financeiros de sua empresa.

Esse contador externo pode detectar quaisquer inconsistências com suas finanças que um contador interno possa ter deixado passar.

Segurança física

A segurança física colocada estrategicamente em toda a sua loja pode ajudar não apenas a impedir o roubo, mas também a identificar a pessoa que participou do roubo, caso ele ocorra.

Uma das formas mais comuns de segurança física são as câmeras de segurança. Você deve colocar câmeras de segurança na entrada da sua loja, nas áreas de entrega e carregamento e em todos os terminais de vendas ou caixas.

Você também pode considerar a contratação de uma equipe de segurança para segurança física adicional.

A equipe de segurança adiciona uma camada extra de dissuasão, que ajuda a minimizar o roubo por clientes e funcionários.

Sistemas antifurtos

Manter seus produtos seguros sem desencorajar as vendas pode ser complicado, no entanto, as soluções de sistemas antifurtos podem ajudar a combater esse problema comum.

A vigilância eletrônica de produtos (sistemas antifurtos) é um método popular no qual você pode anexar etiquetas de segurança aos itens.

O caixa deve desativar o dispositivo no ponto de venda. Se a etiqueta não estiver desativada, ele dispara um alarme quando alguém retira o item da loja.

Os sistemas antifurtos podem usar scanners eletromagnéticos, acústico-magnéticos ou RFID para detectar a etiqueta na porta.

O sistema RFID está ganhando popularidade, em parte porque as etiquetas RFID contêm um número de identificação único. Se ocorrer um roubo, você identifica o item levado.

Para itens caros, como eletrônicos, bebidas e joias, uma vitrine trancada é uma opção útil. Certifique-se de que os clientes ainda possam olhar os produtos no caixa.

Outra opção é considerar um área com maior segurança para apresentação desses produtos.

Compromisso de seus colaboradores

Mesmo a melhor estratégia de prevenção de perdas falhará se os funcionários não estiverem comprometidos em implementá-la.

A adesão da equipe e um atendimento ao cliente atencioso são cruciais para reduzir roubos internos.

Seja transparente com sua equipe sobre os efeitos das perdas em seus negócios. Entender que seu emprego ou salário pode estar em jogo, motivará os funcionários a se envolverem no processo.

Crie um sistema de metas e recompensas claras para motivar seus funcionários. Se um bônus não for possível, considere recrutar funcionários para uma equipe de prevenção de perdas.

Esses funcionários devem ser preparados e treinados para identificar comportamentos suspeitos. Nesse sentido, os funcionários sentirão orgulho em saber que são membros de confiança de sua empresa.

O treinamento adequado leva tempo, mas será recompensado no futuro. Certifique-se de que os funcionários saibam o que fazer se testemunharem um roubo interno ou externo ou notarem um erro do administrador.

Além disso, ao trabalhar com fornecedores, os funcionários devem ser capazes de identificar sinais se algo não estiver certo.

Acompanhe as tendências de perda

Outra boa estratégia de prevenção de perdas a ser implementada é monitorar regularmente as tendências de perdas em sua empresa.

Muitas perdas são pequenas o suficiente para passar despercebidas por várias semanas ou até meses, portanto, uma análise regular das tendências de perda pode ajudá-lo a identificar onde a perda está ocorrendo e quem pode ser responsável por ela.

Acima de tudo, acompanhe de perto os dados relacionados à perda e realize auditorias regulares em todas as contas sinalizadas por perdas inesperadas.

Faça da prevenção de perdas uma prioridade

Enfim, a prevenção de perdas no varejo é essencial para reduzir os impactos da retração nos resultados financeiros de uma empresa.

Como a perda no varejo é um problema comum, há várias maneiras citadas aqui para impedir o furto em lojas, reduzir o erro humano, bem como, incentivar os funcionários a não roubar.

Portanto, depois de ler esse artigo e se familiarizar com os tipos de perdas no varejo e como elas afetam a sua empresa, comece a incorporar algumas boas práticas para proteger o seu negócio.

– PDA Soluções –
Telefone: 11 2093-3327
E-mail: contato@pdasolucoes.com.br
LinkedIn | Instagram |  Facebook

Leia mais
Como a Logística Digital impacta a sua empresa

Como a Logística Digital impacta a sua empresa

Podemos definir a logística digital como a evolução dos processos logísticos tradicionais, que eram executados com ferramentas analógicas, para processos logísticos modernos que são conduzidos por tecnologias digitais. Essa abordagem permite que as empresas executem o...

Gerenciamento proativo da Rede de Frio

Gerenciamento proativo da Rede de Frio

Mais empresas estão procurando fornecedores de software e serviços que possam resolver seus desafios de dados e oferecer suporte a vários aspectos do gerenciamento da rede de frio. Nos últimos anos, os fornecedores de alimentos perecíveis passaram por um mar de...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *